sábado, janeiro 17, 2009

DESNORTEADOS !

















Às vezes , por isto ou por aquilo , falta-nos a veia.

Faltar a veia a quem escreve é o mesmo que faltar Lucho
à equipa do F.C.PORTO.
Não é que ele não ande por lá , ou tenha desaprendido de jogar.
Nada disso !

Agora , a verdade é que , um profissional de corpo inteiro ,
jogador de elite , não pode andar a arrastar-se ( como ele anda ! )
pelos campos de futebol.

Comigo sei o que se passa . Acho até que não é grave !
Só não sei o que se passa com Lucho Gonzalez .

Mas se alguém souber agradeço que mo diga .
Antes que seja tarde e não tenha cura !

.

8 comentários:

dragao vila pouca disse...

Foi do aumento salarial. O dinheiro pesa-lhe e não o deixa render o normal.
Um abraço

o que me vier à real gana disse...

Genial, amigo Azul Dragão! Mas permita k lhe diga k o seu trabalho aqui está a ser bem melhor k o de Lucho, este ano, no FCP.

Abraço

Paulo Pereira disse...

Não sei se a resposta será a do Vila Pouca, mas não deixa de ser estranho o claro abaixamento de Lucho, hoje por hoje transformado num banal jogador, longe dos tempos de glória com a camisola dos Dragões.

Talvez que os próximos holofotes da Champions o despertem para exibições mais conseguidas.

Tiago Araújo disse...

Olá a todos:

Eu no meu blog tenho mais uma iniciativa, e é de sócio.

Querem ser sócios do meu blog?

podem ganhar um cartão ( mas de imagem ).

Podem saber tudo em:

http://campeoesfcporto.blogspot.com

e depois escrevam na caixa de comentários se querem ser sócios do blog ou não.

Um abraço e conto com voçês.

o que me vier à real gana disse...

Viva amigo!

E logo haviam de ser vocês!... Então não era melhor o Guimarães... ou o Beleneses?!
Assim vamos ter k vos ganhar e depois você fica chateado comigo! eheheh

Abraço

AZUL DRAGÃO disse...

Não fico , podes crer !


Um abraço


PS: Mas também não estou à espera de perder

Anónimo disse...

23-01-2009 LABAREDAS
Contaminação?

O F.C. Porto Ferpinta lutou até aos últimos segundos pela presença nos quartos-de-final da Taça de Portugal de basquetebol. Contrariando previsões tolhidas pela cor clubística, os Dragões exibiram qualidade e ambição, forçando uma decisão no limite e resistindo enquanto a contenda se manteve na argumentação desportiva. O sucesso tinha tudo para ser azul e branco.

Infelizmente, numa altura em que apenas e só a fortuna podia interferir e desequilibrar a partida, o dedo divino de terceiros contaminou a Taça de Portugal e adiou a decisão para prolongamento. Em escassos segundos, um toque ligeiro no braço foi facilmente detectado, enquanto um contacto claro pura e simplesmente passou despercebido. Para um dos lados houve olho de lince; para o outro uma espécie de cegueira momentânea. Até a realização foi contaminada pela péssima decisão da arbitragem, uma vez que não houve direito a repetição para reapreciação do lance. Não deixa de ser estranho. Ou talvez não…

O desatino parece estar a propagar-se do relvado para os pavilhões, como um vírus que se dissemina ao ritmo da falta de decoro. A tendência e os factos não deixam margem para dúvidas. É a contaminação generalizada. Os Portistas, todavia, estão vacinados. E atentos. A vacina do sucesso deixa-os imunes ao ridículo.

Site do FCP

intelligence disse...

It seems different countries, different cultures, we really can decide things in the same understanding of the difference!
nike shoes