domingo, abril 04, 2010

PALAVRAS PARA QUÊ ?

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Vitória natural, tranquila, justa, com uma exibição quanto baste, um resultado exagerado e um Falcao a voar entre os centrais.

Entramos a oferecer um golo, fizemos o mais difícil, dar a volta, mas depois, como quase sempre, não nos galvanizamos, não fomos à procura do 3º golo e podiamos ter sofrido o golo do empate. Não sofremos e depois do 3-1, tivemos o nosso melhor período, boas jogadas, boas triangulações, Hulk em grande e como corolário, surgiu o 4-1, pelo inevitável Incrível, que já merecia, ele que foi juntamente com Falcao, o homem da noite.

Enfim, cumprimos a nossa obrigação, ganhamos meritoriamente, mas continuamos exactamente na mesma situação: a 5 pontos da Champions, quando falta menos uma jornada e pelo que se viu onteontem, será quase impossível lá chegarmos...

Um abraço

fimoze disse...

Golo de antologia a reunir em compêndios do futebol espectáculo.