domingo, novembro 28, 2010

CONDICIONALISMOS !













SPORTING 1 x F.C.PORTO 1



Atiçar a fogueira e depois voltar com as ideias atrás
( qual Poncius Pilatus dos nossos dias ) é coisa
a que vamos estando habituados.

As diversas manobras de intimidação levadas a cabo contra
João Moutinho tinham um objectivo :
- atingir o equilíbrio emocional do treinador André Villas-Boas
e dos jogadores do F.C.PORTO em vésperas do clássico de Alvalade.

Estão de parabéns os maquiavélicos criadores e os fiéis executores !

Não fora isso e , provavelmente , a história teria sido outra :
- Falcao , isolado , não falharia aos 9 minutos ;
João Moutinho teria sido ajudado pela equipa ;
e Maicon não teria tropeçado na mentira do Levezinho !



6 comentários:

r.m.silva da costa disse...

Uma radiografia não revelaria tão fielmente o tumor maligno que perturbou o jogo de ontem à noite.

Dragus Invictus disse...

Boa tarde,

Ontem o empate arrancado pelo FC Porto, é mal menor, depois de analisadas as incidências do jogo, e a péssima arbitragem que nos prejudicou de forma evidente.

Ao Sporting temos de dar o mérito de ter manietado Hulk e Varela na primeira parte, fechando bem as alas, demonstrando-se melhor do ponto de vista de agressividade.

Tivemos contudo, a primeira grande oportunidade do jogo por Falcao.

Mas esta agressividade, e capacidade de ganhar as segundas bolas, nunca se traduziu em perigo, e o Sporting apenas teve na primeira parte um tímido remate perigoso à barra por Pedro Mendes.

O Sporting chega ao intervalo em vantagem fruto de um golo em fora de jogo mais que evidente, dos mais fáceis de tirar, e que só um fiscal de linha distraído ou incompetente, deixa passar em claro.

Não se percebe a agressividade dos ex-companheiros de Moutinho, sobre o seu ex-capitão. Na primeira parte muitos amarelos ficaram por mostrar e talvez duplos amarelos.

O Porto na segunda parte, entrou disposto a mudar o jogo e em poucos minutos criou mais uma oportunidade por Falcao, e a seguir noutra ocasião empata justamente o jogo.

Senti nessa altura que íamos vencer o jogo, estávamos nitidamente por cima do Sporting, que estava a ter grandes dificuldades em deter o nosso ataque.

Mas eis que aparece mais um erro clamoroso de arbitragem, com a expulsão de Maicon.
Se o contacto físico que Maicon tem sobre Liedson é para falta, bem mesmo amigos, deixa-se de poder jogar futebol. Foi uma disputa normal de bola com um mergulho típico de Liedson.

Este mesmo árbitro que dizem que é portista, não viu minutos antes uma agressão barbara de Maniche a Moutinho, que a acertar com pé firme na relva, lhe partiria a perna.

Todavia, esta arbitragem que nos prejudicou, não iliba a nossa equipa que não soube libertar-se do colete na primeira parte, como o fez na segunda.

Destacaram-se individualmente, Falcao, Hulk, Moutinho e toda a defesa, incluindo o Rafa, que teve uma estreia muito positiva.

Destaque para os milhares de portistas que apoiaram mais uma vez a equipa.

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/

Dragaopentacampeao disse...

Jogo do FC Porto com duas faces. A primeira correspondeu a um FC Porto expectante, dando a iniciativa ao adversário. Pouca agressividade, nenhuma dinâmica, pouca velocidade, incapacidade de progredir no terreno, que durou praticamente toda a primeira metade do encontro, onde Falcao podia ter sido o primeiro a marcar, logo aos 9'.

A segunda, com uma nova atitude, a de campeão, que empurrou o Sporting para a sua área. Criou oportunidades de golo e marcou mesmo.

Depois da expulsão de Maicon, AVB teve de fazer ajustes à equipa e ao objectivo. Defender foi a palavra de ordem.

Resultado possível face a uma arbitragem inclinada!

Um abraço

joao abel calais disse...

Boa-noite!
Deixo aos visitantes deste blog uma questão que me tem "preenchido" as meninges no dia de hoje : que seria que o daniel carriço(scp) quis dizer,
no final do jogo, com :-..."demonstrámos que o FCP,NÃO é imbatível!" -
Saudações Portistas
João Carreira

AZUL DRAGÃO disse...

João Calais :

Acho que quis dizer exactamente isso !

Para ele (eles) o FCPORTO está noutra dimensão mas , mesmo assim ,
é possível impedi-lo de ganhar sempre.

Um abraço

dragao vila pouca disse...

Atendendo às circunstâncias, até nem foi mau...pior está o Zé.

Um abraço