domingo, março 18, 2012

PRENDAS !














Bom dia !
Hoje , 18 de Março , é dia do meu aniversário .
Por isso , mais logo , o nosso PORTO vai dar-me  uma prenda :

- Ganhar a TAÇA de  PORTUGAL !

5 comentários:

r.m.silva da costa disse...

Nesse momento, erguerei a minha taça em homenagem ao campeão...aniversariante.

Muitos e bons e com muita saúde para celebrar as vitórias que aí vêm.

Abraço.

AZUL DRAGÃO disse...

Obrigado , amigo Remígio.
À tua saúde , também !



Abraço

dragao vila pouca disse...

Meu caro, as minhas desculpas, mas mais vale tarde que nunca.
Parabéns e tudo de bom.

Pena ontem...

Abraço

AZUL DRAGÃO disse...

Vila :

Obrigado.
Realmente foi pena porque chegou a estar ao nosso alcance .
Fica para a próxima .

Abraço

Anónimo disse...

Bloqueios estratégicos
ANDRÉ MORAIS
PEDRO MARQUES COSTA

Em resposta às acusações de Vítor Pereira, Jorge Jesus negou que as suas equipas trabalhem os bloqueios ofensivos como estratégia de jogo, mas alguns jogadores que no passado foram treinados por ele contrariam-no. O enfoque nas bolas paradas é, dizem, uma das chaves do seu sucesso. E os ditos bloqueios podem não ser uma invenção dele, mas fazem parte da estratégia usada para vencer jogos.

Luís Filipe, lateral do Olhanense, nunca tinha ouvido falar de tal coisa antes de ser treinado por Jesus. André Leone já os conhecia do Brasil, mas aprofundou a técnica no Braga. "Treinávamos, e muito! Até era ele [Jesus] que nos atirava a bola com a mão, para ser mais preciso do que se fosse com o pé", frisou. "Eu até podia cair no lance, mas o que importava era tapar o caminho ao adversário. Nem me preocupava com a bola. Virava-me de costas para ela e abria os braços em direção ao adversário", explicou a O JOGO. O ex-árbitro Jorge Coroado não tem dúvidas: se é isso que Jesus pede, então os árbitros pecam ao não assinalar falta. "Jesus é inteligente no aproveitamento do que é a regra, que, não sendo específica, atira para o primeiro parágrafo da Lei 5: a opinião do árbitro", explica, acrescentando que no clássico, como noutros jogos do Benfica, deveriam ser assinaladas várias infrações: "Fazem mais faltas nestas situações do que as outras equipas."

A fronteira entre legal e ilegal provoca desacordo entre os jogadores ouvidos por O JOGO. A estratégia é clara, mas a forma de a explorar só choca João Guilherme, do Marítimo, e Gaspar, do Rio Ave. "O Benfica não faz falta uma, duas ou três vezes; faz sempre. Ainda não vi nenhuma assinalada. No final de uma recente reunião de arbitragem, o próprio Vítor Pereira [líder do Conselho de Arbitragem] disse que bloqueios acontecem no basquetebol; no futebol, chamam-se obstruções. Se o avançado mete a bola na frente e é obstruído, marcam falta. Por que não o fazem também quando se trata de um lance de bola parada?", pergunta o defesa do Rio Ave, que recorda os tempos de Belenenses e a insistência com que Jesus abordava esse tipo de trabalho. "Se eu fosse árbitro e visse um defesa de costas para a bola, ficava duplamente atento. Se não olha para a bola é porque só procura obstruir o homem", justifica. João Guilherme partilha da opinião. "O Benfica faz muito isso. Mas é falta. Se os árbitros não marcarem, eles ficam com grande vantagem. Senti isso em todos os cantos e livres dos jogos frente ao Benfica", reclama o maritimista.

O FC Porto acredita no mesmo. Antes de Vítor Pereira o denunciar, já se temia o uso abusivo dos ditos bloqueios e, na reunião que antecedeu o jogo, o delegado portista tratou de pedir especial atenção ao árbitro Artur Soares Dias.
IN OJOGO
________

Retive isto:

"....Na reunião que antecedeu o jogo, o delegado portista tratou de pedir especial atenção ao árbitro Artur Soares Dias."

E SoaresDias o que fez ?!...

E as equipas de arbitragem durante o campeonato e os responsaveis de arbitragem como ficam com estA ENORME DISTRACÇÂO ???!!!

E oscomentadores de arbitragem ?!...

Nunca ninguem viu nada ???!!!

TOTAL INCOMPETENCIA ???!!!

E a tão falada Verdade Desportiva ?!