terça-feira, junho 18, 2013

PARABÉNS PROFESSOR !















Afinal , lá fora , parece que o homem
sempre percebe alguma coisa de futebol .

Cá dentro , a inveja , é que diz que não .

Parabéns prof !

1 comentário:

Remigio Costa disse...

Sempre considerei Carlos Queirós um treinador com muita qualidade. Se não teve o apreço que merecia em Portugal, e a sua obra justificava-o, terá sido por não ter conseguido lidar com a comunicação social e a incomodidade perante as estruturas medíocres com que teve que trabalhar e não conseguiu vencer.

Não sei, talvez a sua personalidade autoritária lhe granjeasse mais antipatia do que popularidade.

Confesso que cheguei a admitir que poderia ser treinador do FC Porto.