sábado, março 15, 2008

UMA QUESTÃO DE NÚMEROS ?























Alguns dos mais mediáticos especialistas da nossa praça sustentam , amiudadas vezes , que os grandes clubes portugueses
-F.C.PORTO , S.L.BENFICA e S.C.PORTUGAL- não podem competir , em pé de igualdade , com os grandes clubes da Europa.

Baseiam-se , específica e exclusivamente , nos meios orçamentais
que uns possuem e outros não.

Não temos dúvidas que havendo mais dinheiro disponível
é , à partida , uma enorme vantagem.

Mas não é uma vantagem única , definitiva , determinante.

Se assim fosse , andaríamos anos na europa do futebol ,
em passeio turístico , sem nada ganhar .

Ter um orçamento de milhões que nos permita contratar e manter
os melhores artistas é , de facto , meio caminho para o sucesso .
Mas não basta.

É preciso muito mais do que isso.
É preciso liderança , organização , possuir os melhores técnicos ,
e estruturas complementares de apoio eficientes .
É preciso uma massa associativa compacta , solidária , aguerrida ,
leal , crítica e disponível .
É preciso ser-se capaz de fascinar para ganhar uma boa imprensa e , claro , muito trabalho e alguma sorte.

De facto , a verdade é que o F.C.PORTO fez o que fez , brilhantemente , apesar de , contra si , iniquamente ,
ter existido quase sempre uma má imprensa seduzida por outros !

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

A competência e a grande capacidade dos nossos dirigentes têm sido o contra-ponto contra os milhões dos tubarões europeus. Estamos no bom caminho para no futuro, acredito não tão longínquo assim, voltarmos a ganhar a C.League.
Um abraço

JOYCE disse...

Também acho que a comunicação social é muito injusta com o FCPORTO.