domingo, junho 15, 2008

ESTA RAÇA DE CAMPEÕES !


















Foi uma semana rica em acontecimentos.
Dos políticos aos desportivos.
Vamos deixar de lado os políticos porque não adianta nada
bater nos ceguinhos , teimosos , arrogantes e vaidosos.

O F.C.PORTO volta a estar na Europa .
Tal facto , tem tanto de esperado como de justo.
Outra coisa não seria de aguardar .
Claro , que muitos (especialmente benfiquistas) cobiçavam ganhar
na secretaria o que , por incompetência , perderam em campo .

A Selecção Nacional lá vai , como lhe compete , facturando .
E, não vai só !

Felipe Scolari - e o seu grande amor a Portugal - vê-se ,
coitado , coagido a partir .
E, confirma-o , precisamente , quando somos apurados
para os quartos-de-final do Campeonato da Europa .
Por amor maior ao dinheiro de Roman Abramovich .

Gilberto Madail (irmão do peito ) ainda terá tentado obter apoios
para cobrir a proposta do Chelsea .
É preciso ter lata !

Deco (o melhor dos nossos) é dispensado da concentração do Europeu para ir , já ali , a Barcelona.
Coisa nunca vista !

Se tudo isto fosse com António Oliveira ,
nem a Nossa Senhora de Caravaggio , nem a Procuradora ,
o safavam !

10 comentários:

dragao vila pouca disse...

Sobre o F.C.Porto calma e caldos de galinha...
Sobre o selecionador é como
dizes,ele faz o que quer e diz o que quer, mas como atacou o F.C.Porto a C.Social vermelha perdoa tudo.

Um abraço

Paulo Pereira disse...

E assim vai a Selecção de todos nós. Revolução no onze inicial, à maneira de Jesualdo e suas poupanças, e o mesmo resultado...

Por falar em Jesualdo, sopraram-me que está na lista de sucessão de Scolari. Será, sem dúvida, o reconhecimento do mérito do decano treinador, pelo bom trabalho feito no Dragão, mas quer-me parecer que a correlação de forças existentes em Portugal, k faz da coacção a sua melhor arma, nunca deixará que isso aconteça...

Qt ao resto, continua o circo mediático à volta de Ronaldo e Cª, com proporções nunca vistas. É o País k temos...

Caídas as máscaras, alguns procuram de qualquer forma garantir a Champions, pugnando em qualquer instância por um direito k não é seu. Gentinha execrável!

Anónimo disse...

Contrabando de provas

“O processo disciplinar que utilize escutas está envenenado e contaminado e, por isso, viciado.”


A lei processual penal tem regras rígidas quanto à produção, utilização e valoração da prova, não obstante o princípio da livre apreciação da prova que concede ao julgador larga margem de manobra na apreciação das provas. Pela importância que a prova assume na verificação ou não do crime, na punibilidade ou não do arguido e na determinação da pena ou medida de segurança, ou seja na busca da verdade material, não pode reinar uma lógica de vale-tudo. E não pode porque estamos a lidar com direitos fundamentais, com protecção constitucional que veda em absoluto o contrabando de provas.

Vem isto a propósito da utilização, num processo disciplinar, de meios de obtenção de prova, no caso escutas telefónicas, ordenadas no processo-crime. À luz da lei, tal utilização não pode ser feita. Os métodos proibidos de prova incluem os meios de prova e os meios de obtenção de prova. Logo, é proibida, quer pela Constituição quer pela lei processual penal, a utilização de escutas telefónicas fora do processo-crime. E não é por uma questão de lógica, como diz Vital Moreira, que defende, de forma bizarra para um constitucionalista, esta utilização. É para defesa do Estado de Direito e do direito à intimidade que só pode ser restringido no processo penal e não em qualquer processo de importância menor, como é o caso do processo disciplinar na jurisdição desportiva. Mesmo no processo penal, esta prova só é aceite como excepção para crimes de gravidade mais robusta e com certa especificidade.

A certeza jurídica, a verdade material que se pretende obter com a produção de prova nunca é absoluta, o que significa que a proibição de utilização de certa prova funciona como um limite a essa descoberta. Ainda bem que é assim. É um sistema equilibrado assente numa exigência de superioridade ética do Estado que, sob a égide de um justiça penal eficaz, não esquece os direitos fundamentais, não esquece 40 anos de atropelos, que valem, como diz Costa Andrade, como direitos de defesa e proibições de intromissão ou agressão por parte dos poderes públicos. Agir de acordo com as regras preestabelecidas e no respeito pelas garantias de defesa do acusado é o caminho a seguir. De acordo com a teoria penal da ‘árvore envenenada’, o processo disciplinar que utilize – e, pior, valorize – as escutas telefónicas está envenenado e contaminado e, por isso, viciado.

Rui Rangel, Juiz desembargador


In CM

dragao vila pouca disse...

UEFA já decidiu: F.C.Porto está na L.Campeões.
Um abraço

AZUL DRAGÃO disse...

OBRIGADO , Amigo Vila Pouca
Boa notícia a tua!

Um abraço

Dragaopentacampeao disse...

Estou naturalmente muito contente com esta notícia mas não o suficiente para poder dar o meu grito de desprezo a quantos puseram, põem e continuarão a por o nosso Clube em causa.

Considero uma batalha ganha numa guerra para durar.

Só ficarei completamente satisfeito no dia em que a UEFA tomar a decisão que todos esperamos: Reconhecer a inocência do nosso FC Porto.

Sou exigente? Claro! Sou Dragão Bicampeão do Mundo, da Europa e Pentacampeão.

Um abraço.

AZUL DRAGÃO disse...

Grande dragão-penta-campeão !

Povo mais forte disse...

Os Benfiquistas têm sido enganados pelo LFV durante este tempo todo e eu tenho a prova disso: uma carta de alguns investigadores da policia ao PGR a denuncia-lo. Terei todo o prazer de vos a enviar!
teamoliveira@gmail.com

Fred disse...

Visitem:

http://perigonaarea.blogspot.com/

Interface gráfica renovada e qualidade e regularidade dos posts redobrada.
Todo o desporto, futebol, modalidades, competições, análises, votações, vídeos, talentos, resumos e muito mais,...

Obrigado pela visita!

Parabéns pelo blog e pelo trabalho desenvolvido!

Anónimo disse...

tem de se arranjar um cientista para descobrir a formula para se fazer um xázinho de cebola