domingo, março 08, 2009

GUIADOS PELO FAROL DO TÍTULO !

















LEIXÕES 1 x F.C.PORTO 4



Pois é !
Não há nada a fazer quando os valorosos jogadores do F.C.PORTO
interiorizam a necessidade de vencer .
Vencem e convencem !

Dirão alguns (que de futebol percebem mais do que eu ) que não , não é bem assim , que o LEIXÕES não jogou como de costume ,
que foi brando , incoerente , inconsistente , que facilitou ,
que cometeu erros primários , que ...
Pois é !

Quando o F.C.PORTO entra em campo (em qualquer campo )
e ganha , e ganha porque é muito melhor , mais competente
- e joga melhor , digam-me lá se a culpa é do adversário ?

Não , não é !

E não é , porque , nenhuma equipa deste nosso campeonato
pode resistir e sobreviver aos vendaváis de futebol e classe
dos jogadores do F.C.PORTO , guiados pelo Farol do Título !

.


.

7 comentários:

John disse...

Hey there, I've just uploaded my version of the first knockout stages. Please do check it out and let us your views on the matches today.

I'm sure may will have their eyes on the Liverpool/Real or the Man Utd/Inter game.

But let me tell you that the FC Porto match against Atletico Madrid is equally a big clash considering how did both played out in the first leg.

Porto will need the inspiration of Lucho Gonzalez and the goal scoring exploit of Lisandro Lopes. Playing at home will not be tough job ahead of them but let me remind you what happened last season against Schalke.

Atletico will always be dangerous no matter what the circumstances may be. In Kun Aguero and Maxi Rodriguez there is plenty of fire power available for them.

Overall a match not to be missed. So what is your view on this match?

Anónimo disse...

Quinta-feira, Outubro 16, 2008
A MENSAGEM DE ANA SALGADO

Não sou partido, nem movimento de opiniões. No entanto, os factos falam por si. É uma nódoa que me atormenta a alma. Não fosse a pessoa, em evidência, tão próxima e ao mesmo tempo distante (diferente). Alguém com duvidoso passado, marcado por atitudes rebeldes e até mesmo insubordinadas. É hoje, considerada figura pública e merecedora de credibilidade. Não fosse o mesmo ser, útil para de quem, a dispõe. E falo mesmo em certos elementos com significado na justiça judicial. Acreditem, que particularmente ainda acredito na justiça. Embora, e é como em tudo, discorde como a fazem e dispõem. Entendo que, neste sector, como em tantos outros, há ‘inimigos com rosto’. Vá-se lá entender, o certo é que lá estão. Poderiam talvez abandonar o cargo se assim entendessem. Há momentos, na vida, em que o melhor é abandonar o barco; o que não nos torna em nada cobardes. Simplesmente fazê-lo por consciência. Acontece muitas vezes, e não significa que o seja de forma propositada, o facto de, remarmos em nossa feição. Por isso, já os sábios diziam que os ventos enganam. Dediquem-se à feitura de livros. Não é o que está na moda? Eu até elaborava o título, se o entendessem. Que vos parece, ‘O inimigo com rosto’.Teria todo o gosto, em redigir o prefácio. Aceitando mesmo propostas. Em suma, e porque as ‘fotos’ falam por si… Alguém muito singular, perceberá um dia, que este pretensioso protagonismo irá resultar num emaranhado de si-tuações desagradáveis. Há a meu entender, um dominador comum e centralizado, que remete para o erro. Sejamos capazes de, assumir os erros quando de facto eles existem. Pois cada vez mais, se vê a falta de valor, do saber, que vai para além da racionalidade. Valor do saber, da experiência adquirido, a meu entender, o que se adquire por mérito e honra. E este entendimento, tão sublime e humano, está em cada um. Basta parar, reflectir e encontrar. (Se de bem me encontrasse com o meu PAI, ao ler-lhe o meu texto ele diria; como em tempos: “Ó Ana Maria isso para mim cheira a letra de música”.) Sou pessoa de bem, como tal não me coíbo de o fazer. Às pessoas do meu sangue, apenas concluo que devem reflectir. Parar no tempo (esse bem tão precioso) e observar quem afinal se esconde atrás do pano. Quanto ‘ás nódoas na alma’ caros leitores, tratem-nas sempre da maneira mais sublime. Pois são sempre o patamar da solidariedade e dos afectos.
in O GAIENSE


Será que esta senhora já esqueceu do que escreveu, recentemente???!!!

O FCP, saberá disto???!!!

AZUL DRAGÃO disse...

John :

Thanks for the visit . It will be a dificult match but we have Lucho, Lisandro , Hulk and other great players.

Yes , we can !

dragao vila pouca disse...

Como o John também deixou um comentário no meu blog e como o meu inglês à beira do teu, é fraquinho, quase que podia copiar o teu comentário.

Amanhã lá estarei, para gritar até que a voz me doa, pela vitória. Espero que depois de um fim-de-semana brilhante, a semana comece bem.

Um abraço

KOSTA DE ALHABAITE disse...

Peço desculpa por invadir este espaço com um assunto fora do contexto, mas o que tenho lido é suficientemente grave e merece toda a atenção e divulgação:
Ana Salgado, agora elevada a samaritana, já tocara no assunto e, na altura, a procuradora Morgado defendera a sua equipa.
Numa entrevista à SIC, lançou graves suspeitas sobre um elemento da Polícia Judiciária, actualmente integrado na equipa que investiga o "Apito Dourado", liderada por Maria José Morgado e que estaria a "formatar" a "verdade" da Carolina...
Na entrevista, Ana Maria lança suspeitas sobre um elemento da Polícia Judiciária de Lisboa, que acusa de ter fornecido elementos a Carolina sobre o suposto jantar descrito no livro "Eu Carolina", durante o qual teria contecido uma entrega de dinheiro por parte de Pinto da Costa a um árbitro, no final de um jogo de futebol. O jantar terá acontecido na residência do casal, na Madalena, Gaia, tendo o inspector da PJ corrigido Carolina quanto a alguns detalhes do encontro. A irmã garante que Carolina não viu dinheiro nenhum, apenas um envelope branco que "até podia estar vazio".
Na entrevista, Ana Maria conta ainda que o mesmo elemento da Polícia Judiciária - actualmente integrado na equipa liderada por Maria José Morgado, que coordena os processo relacionados com o "Apito Dourado" - terá inclusivamente aconselhado a sua irmã a "vender "um imóvel e o carro", de forma a não ter que pagar eventuais indemnizações resultantes de processos judiciais. Estas denúncias, apurou o JN, estarão já a ser investigadas pelo Ministério Público.


A propósito disto, o JN tentou sem sucesso contactar a também responsável pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, mas à SIC Maria José Morgado considerou "ridícula qualquer hipótese de maus métodos processuais" na sua equipa, que considerou "acima de qualquer suspeita".
Maria José Morgado não quis falar sobre as motivações de Ana Maria Salgado, mas foi dizendo que as pessoas que compõem a sua equipa "não são de fácil intimidação, nem recuam perante ameaças".


Ora, anteontem, Carolina ao ser interrogada em tribunal acerca da contradição entre as suas diversas versões dos factos e a ‘escritora’ respondeu: «Vendo as notas, foi o que me pareceu… O problema foi o inspector não ter escrito que o Jorge Nuno me falou desse valor…».


Resumindo com as letras todas: ela, Carolina, foi INSTRUMENTALIZADA pelo MP para enterrar Pinto da Costa!

o que me vier à real gana disse...

Boa noite, caríssimo Azul Dragão!

Parabéns! merecidíssima passagem aos quartos-de-final.

Abraço

AZUL DRAGÃO disse...

Obrigado, amigo Carlos !

Um abraço