segunda-feira, dezembro 21, 2009

E AGORA ?
























S.L.BENFICA 1 x F.C.PORTO 0

Se havia jogo que o F.C.PORTO não devia ter perdido era o da Luz.
Não que tivesse merecido ganhar por ter jogado melhor
ou ter tido mais oportunidades de golo .
Não . Nada disso .
De facto , o Benfica soube ocupar os espaços , jogou melhor ,
criou mais oportunidades de golo , foi , de longe , superior.
O jogo teve alturas em que só deu Benfica .

Não sei o que terá acontecido para tão débil desempenho
dos nossos Campeões . Foi mau de mais para dragão ver .
E nada o fazia prever depois da categórica exibição de Madrid.

Por outro lado , dias antes , o Benfica vinha dando claros sinais
de algum nervosismo e incapacidade .
Mas a verdade é que ontem ganharam e ganharam bem .

O F.C. PORTO , por culpa própria , perdeu um flagrante ensejo
para quebrar o ânimo ao seu adversário directo e afastá-lo ,
quiçá definitivamente , da Conquista do Título.

Agora , aconteça o que acontecer , vamos ter que levar com eles .
E com todos aqueles andores que os rodeiam e embalam !

5 comentários:

jorge disse...

Subscrevo a sua análise do jogo.
O Benfica foi mais pressionante e teve mais equilíbrio táctico.
Esperava-se um F.C.Porto mais ousado.
Falta-lhe um ponta de lança que faça a diferença.

Cordiais saudações

Pedro Rocha disse...

Foi de facto uma oportunidade desperdiçada para abrandar esta onda que se gerou em torno da equipa encarnada. Apesar desta exibição muito pálida da nossa equipa, a equipa de arbitragem ajudou e de que maneira a construir o resultado.

Abraço

Petição disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
Revolucionar o Futebol profissional em Portugal, pela implementação de um novo modelo de gestão, financiamento e organização.

Petição em:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

Dragaopentacampeao disse...

Foi uma derrota difícil de engolir, não tanto pelo resultado, mas principalmente pela fraca exibição, num retorno ao passado recente, apenas interrompido em duas ocasiões (Guimarães e Madrid).

Os problemas desta época (imprecisão no passe, perda de bola frequentes, incapacidade de construção de jogo ofensivo, desconcentrações comprometedoras, atitude desajustada e alguma falta de classe)reapareceram num jogo em que o FC Porto tinha tudo para ser feliz.

O adversário, longe da capacidade enaltecida pela propaganda panfletária dos pasquins, soube explorar as fraquezas há muito patenteadas pelos Dragões, com a protecção aqui e ali do habilidoso e mafioso Lucílio Calabote, acabando por levar a água ao seu moinho, num lance duvidoso, onde sobressaíram um conjunto dos defeitos apontados acima.

Pode-se especular se com Varela e Belluschi a titulares a exibição teria sido diferente.

Sinceramente, eu acho que o problema é infelizmente mais profundo.

Falta um patrão do meio campo e um avançado eficaz, diferentes dos que temos.

Ao que parece Pinto da Costa está satisfeito com o plantel! Como ele raramente se engana, continuarei a sonhar com o Penta.

Um abraço

dragao vila pouca disse...

De acordo. Quem joga para empatar arrisca-se a perder, é uma velha máxima do futebol. Mas o branqueamento que está a ser feito ao golo da vitória, que foi irregular, é vergonhoso.

Um abraço