sexta-feira, abril 11, 2008

OBESIDADES !


















Era assim todos os dias.
Mal chegava a casa , sempre acelerado ,
pegava na primeira goiaba que estava à vista ,
nos quedes , na camisola , nos calções e meias do Porto ,
na bola de catechu (trocada por 200 rótulos da farinha Nestlé )
e lá ia eu , correndo animado e desenfreadamente ,
ao encontro dos meus amigos.

E que jogos nós fazíamos com aquela bola ensebada !

Só parávamos quando , à luz da Lua , já se não distinguia a bola
dos buracos e das pernas dos adversários.
Depois...bem , depois , era a acesa discussão do costume
a propósito das melhores jogadas , das faltas sofridas
e não marcadas, dos golos invalidados e do resultado final.

A culpa não era travestida de nada . Nunca morreu solteira .
Connosco o culpado tinha nome . Era sempre o mesmo.
Era o Gordo!

O Gordo era aquele tipo porreiro e sem jeito nenhum para nada.
Não acertava um pontapé numa bola . Não metia um cesto .
Não sabia dar um mergulho de cabeça .
Ao montar na "burra" garantia a queda livre .
Nunca atinava com o pedal.
Nas corridas, nem olhava para trás , porque já sabia
que não havia mais ninguém - era sempre o último !

Não saltava muros nem roubava pitangas, maboques ou sape-sape .
Não ia às celestes nem aos pardais.
Tinha medo de lagartos, de cobras e da mosca tsé-tsé .
Não encaixava papaia , nem mamão inteiro do mamoeiro .
Para ele , o roncador era peixe difícil de morder anzol .
Tinha vergonha das miúdas .
Era, de facto , uma balofa nulidade.
Só servia de pau -mandado .

Era preciso ir comprar Coca-Cola , Fanta ou Mission de limão ...
o Gordo ia (e era sempre o último com direito a matar a sede).
Era preciso um árbitro... o Gordo , lá agarrava no apito encarnado
( à época era a cor dominante) e soprava .
Soprava mal , mas soprava.
Era preciso marcar o campo...o Gordo pegava no balde e, porcamente , ia largando cal em ziguezague.

Nunca conheci ninguém mais incapaz do que o Gordo .

Hoje, passados estes anos todos, o Gordo é um verdadeiro político . Alinhado e cheio de lata .
Continua a não ser capaz de fazer o que quer que seja .
Mas aprendeu a prometer .
Melhor seria que tivesse aprendido a fazer .

Ainda andam por aí muitos Gordos .
Com bigode ou sem ele.
Uns são dirigentes de clubes , outros treinadores ,
alguns são palhaços , outros são uns grandes artistas .

Todos vão à televisão.

Ainda bem que , felizmente , no meu Clube não há nenhum .
Apesar dos últimos três anos sem jejum !

3 comentários:

dragao vila pouca disse...

O gordo é o dono da bola?
Goleados em casa por Académica treinada pelo Domingos e com o F.Aguiar emprestado pelo F.C.Porto a marcar o 3 golo.
Chamem a polícia!!!
Um abraço

AZUL DRAGÃO disse...

Dragão Vila Pouca :

O Gordo é gordo !
É como dizes : Chamem a polícia !



Um abraço

Dragaopentacampeao disse...

O Gordo é o verme!
Tem a melhor equipa dos últimos anos (MJM, CS, LP,SS, RC,QM, RS,RC e outros pontas de lança).

Com esta equipa de sonho continua na frente do campeonato dos vermes.

Não me admirava nada que fosse campeão!