sábado, fevereiro 13, 2010

A PASSO DE CARACOL !














Dada a sua complexidade e morosidade quem sabe se ,
os processos instaurados a Hulk e Sapunaru
não acabarão apensos ao da Face Oculta e ,
quiçá , ajudem a esclarecer de vez ,
os labirintos da Casa Pia.

Eu - que sou suspeito (por ser Dragão) mas não sou parvo -
continuo a pensar que tudo isto foi maquiavelicamente
concebido para subtrair ao F.C.PORTO o seu mais influente jogador.

O fosso a que os nossos adversários estavam de nós era tal,
que precisou dum Túnel de ligação para encurtar as distâncias.
Mas , mesmo assim , com tanta artimanha e mentira ,
vão ter que contar connosco até ao fim !

5 comentários:

Anónimo disse...

Costa Monteiro na TSF: "Porto tem sido 'amordaçado' pelas arbitragens."

Anónimo disse...

E á 3 juizes para o julgamento
Orelhas Vitor Pereira e Ricardo Costa
O réu já está mais que julgado(Culpado)
????? do que é que estás á espera

dragao vila pouca disse...

O canto do Dragão.

Manda a cartilha de um bom portista nunca desistir e lutar até que matematicamente ainda seja possível, mas perante este quadro é difícil manter a chama.

O árbitro é gatuno? É, foi e será sempre, mas nós ontem tivemos 6"penaltis" a favor e não marcamos nenhum e aí, também temos muitas culpas no cartório. Era preciso, neste campeonato, um grande Porto e quando digo grande Porto, não me refiro só aos técnicos e jogadores, mas também aos dirigentes, que têm assistido, calados, a autênticos roubos que são perpetrados à frente dos seus olhos.

Há demasiado conformismo e isso não me agrada nada. Este Porto silêncioso não é o meu Porto.

Um abraço

Gaspar disse...

Se foi um mau jogo? Acho que não podemos considerar aquilo um mau jogo, apenas nos falto a eficácia, o que é importantíssimo num jogo de futebol, por razões mais que óbvios.
Há que melhorar pequenos pormenores.
O pénaltie não foi assinalado e devia, é certo, mas não podemos jogar e depois lamentar-mo-nos dizendo que se houvesse pénaltie ganhávamos. Não, temos de jogar para marcar 2,3,4 ou mesmo 5, e assim ganhamos, mesmo sem os pénalties.

Gaspar

Anónimo disse...

Não foi o "JOÃO", foi o "PAIXÃO"...